Pesquisas

Pesquisa de Lígia Helena Hahn Lüchmann, Carla Almeida e Luana do Rocio Taborda. O trabalho analisa permanências e mudanças nos padrões de participação associativa no Brasil a partir de duas unidades de análise: a dimensão referente ao volume e às características do tecido associativo, e a dimensão do engajamento dos indivíduos em associações. A primeira explora a evolução recente do associativismo no país, que é medido pelo número, pelo perfil e pela área de atuação das associações. A segunda considera essa evolução da participação no âmbito do engajamento individual, tomando-se o número de pessoas que alega participar de associações.

Como um dos desdobramentos da sua tese de doutorado (em andamento), Heber Rocha escreveu um artigo sobre a formação do campo de políticas públicas de juventude. O argumento é que foi formada na década de 1990 uma rede de atores da sociedade civil, com papel proeminente dos pesquisadores das universidades públicas, e que essa articulação foi central para pautar o desenho da política nacional de juventude, instituída em 2005. 


Tags:

©2020 DEMOCRACIA & PARTICIPAÇÃO - Todos os direitos reservados