Pesquisas

Este estudo verifica as possibilidades de exercício do controle social disponíveis para a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) na Administração Pública Federal com base em uma análise documental sobre o decreto que instituiu o Conselho Nacional de Combate a Discriminação de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT). Os resultados da análise apontam os seguintes achados: (1) trata-se de um conselho de caráter consultivo e deliberativo; (2) sua composição é paritária entre sociedade civil e governo; (3) é atribuição da Administração Pública Federal o fornecimento da estrutura necessária para a manutenção e o desenvolvimento das atividades; e (4) dentre as funções conferidas aos conselheiros/as, destacam-se: acompanhar, analisar e apresentar sugestões para as políticas e ações governamentais direcionadas à população LGBT. 

Tags:

Resumo: O artigo de Camila Penna, Marcelo C. Rosa e Sebastián Pereyra apresenta uma análise comparativa das reflexões de cidadãos argentinos e cidadãos brasileiros sobre a participação política nos dois países. Por meio da análise de dados de 16 grupos focais, realizados em 2015 e 2016 no Brasil e na Argentina, pretendemos discutir as formas pelas quais as pessoas concebem e relacionam o ato compulsório de votar com a participação nas recentes ondas de manifestação em ambos os países. Concluímos que há uma percepção prevalecente de que votar e protestar seriam formas complementares de engajamento político, sendo a participação em protestos concebida como uma forma de compensar as limitações da política eleitoral formal.
Palavras-chave: participação política; protesto; voto; Argentina; Brasil

Link para acesso: http://www.sbsociologia.com.br/sid/index.php/sid/article/view/82/83
Tags:

Artigo de Euzeneia Carlos analisa a reconfiguração das relações entre movimentos sociais e Estado no contexto brasileiro pós anos noventa, e os efeitos institucionais na ação coletiva. As interações socioestatais são examinadas através do método comparativo, aplicado a quatro organizações de movimentos sociais da região metropolitana do Espírito Santo, ao longo de três décadas (1980 a 2010), mediante instrumentos metodológicos qualitativos e quantitativos.

Tags:

Este artigo discute questões de gênero durante o processo das manifestações que ocorreram no Brasil a partir de junho de 2013. Foram levantados, dentro de coletivos envolvidos em tal processo, conflitos e tensões de gênero, bem como as estratégias adotadas para o enfrentamento deles. Essas discussões estão assentadas em três matrizes teóricas: teorias dos movimentos sociais, teoria do reconhecimento honnethiana e discussão feminista sobre autonomia.

Tags:

Página 1 de 8


©2019 DEMOCRACIA & PARTICIPAÇÃO - Todos os direitos reservados